O que é a ferramenta TPM (Manutenção Produtiva Total)?

Palavras chaves: Manutenção. Manutenção Produtiva Total (TPM). Eficiência Global.


Você já ouviu falar sobre Manutenção Produtiva Total (TPM)? Conhece seus benefícios e sua importância?

A crescente competitividade das indústrias exige uma maior eficiência do sistema produtivo, e a Manutenção Produtiva Total surgiu dessa necessidade. Da busca da diminuição de desperdícios foi criada a TPM, a princípio um sistema de manutenção que tinha como foco eliminar as perdas dos equipamentos e aumentar sua eficiência global.


A ideia central da TPM está no pilar Manutenção Autônoma que, através dos passos contidos neste pilar, desperta no operador a relação de cuidado que este deve ter com seu equipamento de trabalho.


De onde surgiu?

Com o fim da Segunda Guerra Mundial, as técnicas produtivas foram aprimoradas a fim de atender a demanda que aumentava progressivamente, e assim aproveitar a oportunidade de crescimento.

Porém, as perdas e os erros operacionais atrapalhavam o êxito da produção. Então com o foco de mitigar essas não conformidades, a partir da década de 1970, a Manutenção Produtiva Total ganhou espaço e foi introduzida em empresas japonesas e dessa forma, uma estratégia de máxima eficiência e aumento de produtividade foi criada, possibilitando a análise de perda nas falhas dos equipamentos.


Quais seus benefícios?

A Manutenção Produtiva Total traz diversos benefícios para a indústria que aplica seus conceitos. São eles:

· Aumento da produtividade geral da indústria

· Aumento da eficiência da planta

· Redução de paradas repentinas

· Redução nos defeitos

· Redução de custos de produção

· Aumento de sugestões de melhoria partindo de funcionários

· Auto-gestão da equipe

· Ambiente de trabalho mais organizado e limpo


Quais são seus principais pilares?

A implementação dos 8 pilares da TPM é fundamental para criar uma responsabilidade compartilhada, o que proporciona um maior envolvimento por parte dos operadores. Os 8 pilares são:

1. Manutenção autônoma

2. Manutenção planejada

3. Manutenção da qualidade

4. Melhorias específicas

5. Controle inicial

6. Treinamento e educação

7. Segurança, higiene e meio ambiente

8. Áreas administrativas


Conseguiu entender a ideia?

Sendo o principal foco da TPM a quebra zero, são necessários treinamentos para que os operadores possam desenvolver habilidades e usar a criatividade para a solução de problemas ou melhoria do equipamento, despertando assim um sentimento posse e cuidado sobre a máquina.

Enfim, a meta do TPM consiste então em aumentar a eficiência da planta e do equipamento, utilizando para isso a manutenção autônoma, onde os próprios operadores seguem rotinas de procedimentos padronizados de inspeção, lubrificação e limpeza, a fim de conhecer, preservar e identificar previamente anomalias no equipamento, agendando sua solução evitando que a máquina pare.

gif

👍🏽 Curte se você gostou

💬 Comente para sabermos sua opinião

📣 Compartilhe com os amigos

Qualquer dúvida ou sugestão, fale conosco.

Entre em contato para saber mais sobre nossas soluções.

Podemos ajudar sua empresa ir ao máximo!

WhatsApp: 43 9170-2782

E-mail:maximizaej@gmail.com



22 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
whatsapp-logo-icone.png